Browsing Category

Vídeos

Vídeos

Feminicídio: para enfrentá-lo é preciso falar sobre ele

23 de August de 2018

Sem sombra de dúvidas, nunca ouvimos falar tanto sobre os termos “feminismo”, “feminicídio” e “relacionamento abusivo”, como nestes últimos tempos.

O que, antes, parecia estar tão longe de nós, hoje, está presente, constantemente, em nossas vidas. Seja através das notícias que repercutem na internet, dos noticiários que vemos na televisão e até mesmo daquela sua amiga/colega/familiar/vizinha que sofreu ou ainda sofre algum tipo de abuso de seu parceiro.

O feminicidio existe, ele está mais presente do que nunca em nossa sociedade e de acordo com Nadine Gasman, representante da ONU Mulheres no Brasil, o primeiro passo para enfrentar o feminicídio é falar sobre ele. Pois bem, vamos começar entendendo o que de fato significa esse termo.

Feminicídio é o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher. Suas motivações mais usuais são o ódio, o desprezo ou o sentimento de perda do controle e da propriedade sobre as mulheres, comuns em sociedades marcadas pela associação de papéis discriminatórios ao feminino, como é o caso brasileiro.

P-R-O-P-R-I-E-D-A-D-E. Mulheres não são propriedades de homens, nem vice-versa. Somos todos livres, ou pelo menos, deveríamos ser.

O termo “feminicídio”, como já dito anteriormente é um crime motivado pelo ódio e seu conceito surgiu em 1970 com o intuito de dar visibilidade à discriminação, opressão, desigualdade e violência sistemática contra as mulheres, que, em sua forma mais aguda, culmina na morte.

Lembrando que esse tipo de crime não se trata de um evento isolado, nem repentino ou inesperado, por exemplo. Bem pelo contrário, faz parte de um processo contínuo de violências, cujas raízes misóginas caracterizam o uso de violência extrema. Inclui uma vasta gama de abusos, desde verbais, físicos e sexuais, como o estupro, e diversas formas de mutilação e de barbárie, como aponta Eleonora Menicucci, ministra chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência.

O Brasil está entre os países com maior índice de homicídios femininos: ocupa a quinta posição em um ranking de 83 nações, segundo dados do Mapa da Violência 2015 (Cebela/Flacso), com uma taxa de 4,8 assassinatos em 100 mil mulheres.

No Brasil, o que mais preocupa é o fato de que o feminicídio é cometido pelo parceiro íntimo, esposo ou namorado, em um contexto de violência familiar, que na maioria dos casos é precedido por outros tipos de violência, abuso ou agressão, e que poderiam, por sua vez, ter sido evitados.

Ainda que as taxas de feminicídio sejam muito altas no Brasil e os casos sejam bastante recorrentes, o feminicídio é um problema global.

Lembrando que a vítima NUNCA é culpada por tentar se desvencilhar de um relacionamento abusivo. Entende-se como relacionamento abusivo, todo e qualquer tipo de violência, não apenas de ordem física, como por exemplo, quando em qualquer conversa ele tenta fazer com que você esteja errada, ou quando ele controla sua vida ou suas escolhas. Quando ele não respeita o seu “não”. Quando ele não reage bem às suas conquistas. Quando ele não gosta que você fale com outras pessoas. Enfim, quando alguém tenta classificar um comportamento descontrolado e doentio, como amor ou ciúme.

Esteja SEMPRE atenta a esses sinais.

Os homens, normalmente, têm medo de que as mulheres riam deles. Já, nós, mulheres, temos medo de que eles nos matem.

Nos queremos vivas!

aline

Artigos Vídeos

Aniversário Fleurity!!! 1 ano :D

23 de November de 2016

 

Hoje é um dia comemorativo para a Fleurity! Tivemos um ano intenso, onde trabalhamos incansavelmente para trazer às mulheres brasileiras uma nova forma de lidar com seu ciclo menstrual. Mês após mês fomos conquistando cada vez mais espaço no mercado, fazendo promoções, concursos, sorteios para aproximar essa novidade de quem ainda não conhecia os coletores menstruais. Aqui vamos fazer uma retrospectiva de como nossos esforços vem libertando meninas e mulheres : )

Logo que iniciamos nossas vendas, no final de 2015 e começo de 2016, decidimos dar um presente de carnaval para nossas consumidoras e criamos a promoção, o “Carnaval entre amigas Fleurity”. Focados na amizade sempre incentivamos nossas clientes a dividir, não apenas a compra do kit, mas também momentos inesquecíveis e assim o prêmio da promoção seria uma viagem à Serra Gaúcha. Mas para a nossa surpresa a querida Danubia, vencedora da promoção, não escolheu uma irmã ou uma colega para ir junto, mas sim a melhor amiga que todas nós podemos ter: convidou sua mãe. <3 Nossas meninas do atendimento foram com ela até Gramado e apresentaram a cidade a elas! Veja só nossa matéria sobre essa viagem:

 

BLOG MONTAGEM

No Dia da Mulher, decidimos fazer uma web série para sanar várias dúvidas das nossas clientes sobre menstruação e o uso do coletor. Pedimos a ajuda da nossa amada parceira, Dra. Guisella de Latorre, ginecologista, para explicar cada detalhe! Veja em nosso canal cada episódio:

 

Episodio 1

Episodio 2 

Episodio 3 

Episodio 4 

 

Chegado o Dia Mundial da Saúde fizemos uma ação na sede da ONG Viva Mulher, de Novo Hamburgo-RS, com o intuito de levar a facilidade do coletor menstrual às mulheres que sofrem de violência domestica da região. Tivemos uma tarde muito agradável conversando e explicando a funcionalidade do nosso coletor, e por fim doamos coletores para mais de 100 mulheres 😀

Uma empresa dedicada a atender mulheres não poderia deixar passar o Dia das Mães. Convidamos nossas fãs em nossa página no Facebook a nos contar o que, de mais importante, aprenderam com suas mães. Vários relatos foram postados, cada um mais lindo que o outro! <3

No final de maio marcamos presença no EBSA6, um evento dedicado a blogueiras que aconteceu no Rio de Janeiro. Fomos apresentar nosso produto e sorteamos coletores e brindes para quem vinha em nosso estande! Nos divertimos muito e conhecemos muitas blogueiras lindas.  Foi um dia inesquecível! Fotos do evento aqui!

A fim de estar cada vez mais perto das nossas consumidoras fizemos nossa conta no Snapchat e no Instagram! Registramos nossas promoções, eventos, matérias e tudo que acontece aqui dentro. Nos adicione agora mesmo: @fleuritybrasil no insta e @fleuritybr no snap!

Na metade do ano fizemos uma parceria com a Nayara Racattasso, mandamos um kit para ela e ela adicionou um vídeo muito legal sobre nós em seu canal. Com seu jeito único e descontraído ela explicou como usar e como foi sua experiência. Se não viu ainda, confere:

Outra questão muito discutida é o uso do coletor por meninas virgens. Entre dúvidas e tabus decidimos pedir para a Dra. Guisella novamente nos ajudar a solucionar esta questão. Ela novamente teve todo o prazer de nos explicar cada detalhe do assunto, confira:

Dia 31 de julho foi o dia mundial do orgasmo, e não poderíamos deixar de comentar este assunto que é tão evitado na nossa sociedade. Muito além de buscar a quebra de paradigmas, trouxemos vantagens que o uso do coletor trás para a musculatura íntima, confira a matéria!

Coletor e o Orgasmo!

Por todo o mês de outubro fizemos questão de trazer muitas informações sobre a prevenção do câncer de mama e algumas dicas sobre como lidar com o tratamento. Sentimos que é nossa responsabilidade como uma marca defensora da mulher, trazer tais questões a tona. Veja todas nossas postagens do #OutubroRosa:

#OutubroRosa Mitos e Verdades!

#OutubroRosa Perucas, como lidar?

#OutubroRosa Dicas de make <3

#OutubroRosa Você sabe fazer o AUTOEXAME?

Claro, para garantir a leveza durante todo o nosso primeiro ano, fizemos questão de trazer dicas de filmes, séries e música: todas protagonizadas por mulheres fortes e independentes. Aqui deixamos algumas matérias desta série:

#Música #MulherForte #Beyoncé

Sugestão Fleurity: Assista Orange is the New Black

Mas o que realmente nos faz querer continuar são os depoimentos de nossas clientes! Aqui vão alguns que enchem nosso coração de felicidade por estar levando tranquilidade e satisfação 😀

glendaway-depoimento

depoimento-2

Por fim só podemos agradecer a todas vocês que nos acompanham e hoje estão cada dia mais independentes com seu coletor! E não se esqueça: se precisarem de qualquer ajudar, tiverem qualquer dúvida, contem sempre com nosso atendimento! Venha sempre conversar com a gente pelo nosso Facebook ou pelo site! Te esperamos!

Um grande beijo!

 

Artigos Vídeos

TOP HITS 00’s

29 de September de 2016

Olá meninas! Tudo bem?

No blog de hoje reunímos as meninas do marketing para nos contar quais eram as músicas preferidas delas na adolescência, dos anos 2000 a 2009! Confira e mate a saudade destes hits!

 

Top 3 Martina:

OutKast – Hey Ya!

 

fotos martina

 

“Me lembra uma fase ótima da minha vida, época de escola, festinhas e primeiros crushes! Me lembro que enlouquecia dançando quando tocava…”

 

 

 

50 Cent – Candy Shop ft. Olivia:

 

fotos martina

 

“Nossa, essa música me define em 2006 (eu acho), eu simplesmente era apaixonada pelo 50 cent e meu sonho era fazer um clipe com ele, dançava muuuuito e me achava sensual nas dancinhas ahhahaha bons tempos…”

 

 

 

 

Mc Marcinho – Glamurosa:

 

fotos martina

 

“Bah, essa música sensação do funk nas festinhas de garagem da turma da escola! Pedia pro DJ tocar mil vezes e sempre que tocava subíamos nas cadeiras pra dançar e gritar mais do que cantar hahaha! É daquelas que vem um flashback da pré-adolescência e só coisas boas, minha preocupação na época era se ia tocar Mc Marcinho na reunião dançante <3”

 

 

 

 

Top 3 Julia:

 

Maroon 5 – She Will Be Loved

 

fotos julia

 

“Eu não parava de ouvir esse música! Se alguém trocava de canal quando dava o clipe era briga na certa! Maroon 5 <3”

 

 

 

 

Red Hot Chili Peppers – Dani California

 

fotos julia

 

“Essa também era a que eu sempre esperava tocar na MTV. Foi com ela e By the Way que minha paixão por Red Hot começou, e claro, foi quando eu comecei a tocar baixo!”

 

 

 

 

Avril Lavigne – Complicated

 

fotos julia

 

“Avril era tudo que eu e minha melhor amiga queríamos ser por toda nossa adolescência! Esse clipe resume muitas tardes nossas brincado que tinhamos uma banda e cantando tudo errado juntas!”

 

 

 

 

Top 3 Camila:

 

Ja Rule – Mesmerize ft. Ashanti

 

 

camila

 

“Essa música me faz lembrar de quando olhava o videoclipe e depois ficava cantando e dançando achando que eu era a cantora  kkkkkkkkkkkk”

 

 

 

Maroon 5 – Sunday Morning

 

camila

 

“Eu AMAVA essa música, e queria muito saber cantar. Foi uma das razões pela qual eu me interessei a aprender inglês”

 

 

50 Cent – P.I.M.P. (Snoop Dogg Remix) ft. Snoop Dogg, G-Unit

 

camila

 

“Essa me lembra as primeiras saídas de casa, sempre tocava no início das festinhas (aliás toca até hoje, depende da festa <3 )”

 

 

 

Top 3 Ângela:

 

Simple Plan – Welcome To My Life

 

 

angela

 

“Amavaaaaa, queria ser amiga deles, via o clipe todo dia no mixTV, kkkkkk!”

 

 

Fergie – Big Girls Don’t Cry

 

angela

 

“Amava a Fergie, queria ser igual ela <3 hahahahaha essa música eu ouvia todo dia no mp4!!!”

 

 

 

 

Nebbia – Shine Forever (Andre Sarate Mix)

 

angela

 

“Melhor épocaaaa, hahahaha! Era a música favorita quando saíamos entre amigas, na ida para a praia ou pra passar na frente das baladas da cidade!!!”

 

 

 

 

 

 

 

E aí, meninas? Curtiram? Qual o Top 3 dos anos 2000 de vocês?

Artigos Vídeos

#SugestãoFleurity STRANGER THINGS!

21 de September de 2016

Olá meninas!

Hoje estamos trazendo uma sugestão de série para você conferir!

É a Stranger Things! Foi lançada a poucos meses no Netflix e está bombando nas redes sociais!

A história se passa em 1983, onde três meninos vivenciam o desaparecimento misterioso de um amigo na pacata cidade onde vivem. Enquanto a população se mobiliza para procurar o menino desaparecido, os três garotos começam suas próprias investigações em segredo, e acabam conhecendo uma garota de cabelo raspado muito fora do comum!

A série é um misto de mistério e ficção-científica com toques de terror (nada de mais, só pra dar uns sustinhos 😉 ).

 

Veja os trailers:

 

 

E como a Netflix é GE-NI-AL ele fizeram uma brincadeirinha com a Xuxa, olha só…

 

 

E aí, curtiram? Essa série é ótima para uma maratona, tem apenas 8 episódeos e a história se resolve na própria temporada! Mas o gostinho de quero mais fica de qualquer jeito 😉

 

 

 

Vídeos

“Sou virgem, posso usar o coletor?”

25 de July de 2016

Olá meninas, tudo bem?

 

Percebemos que várias perguntas sobre o uso do coletor menstrual por mulheres que ainda sejam virgens.

Por isso, fizemos esse vídeo explicando tudo sobre esse assunto! Confira:

Mesmo depois de ver o vídeo você ainda ficou com alguma dúvida? Venha conversar com a gente pela nossa página no Facebook  ou pergunte aqui nos comentários 🙂

Até a próxima! 😀

Artigos Vídeos

Retirar o coletor menstrual é mais fácil do que parece!!!

3 de June de 2016

Olá meninas, tudo bem com vocês?

Uma das maiores dúvidas e dificuldades que recebemos de nossas amadas clientes são sobre a retirada do coletor menstrual.

Mas gente,  é mais fácil do que parece e não faz sujeira alguma!!

Então, vamos lá ao passo a passo:

  1. Você deve inserir seu dedo indicador pela lateral do coletor até alcançar a borda.

  2. Ao alcança-la, pressione a borda do copinho até as duas extremidades se encontrarem.

  3. Em seguida, com o dedo em formato de gancho, puxe cuidadosamente o coletor para fora. E lembre-se de sempre usar o polegar para não deixar o fluxo derramar neste momento 😉

  4. Retirou! Agora é só higienizar e recolocar!

como retirar

Aqui temos também um vídeo explicativo, feito com nossa parceira Dra. Guisella, ginecologista:

Ainda temos muitas dicas no site da marca, fleurity.com.br

Espero que este post ajude a todas as meninas que tem esse tipo de dúvida!

Caso você tenha mais alguma dúvida venha conversar com a gente pelo inbox do Facebook, ou envie um e-mail para sac@fleurity.com.br

Um grande beijo,

Equipe Fleurity!

Artigos Vídeos

TOP 5 Nay Rattacasso <3

1 de June de 2016

Olá meninas! Tudo bem?

Hoje estamos trazendo para vocês uma super vlogeira que está bombando! É a Nayara Rattacasso, ruiva, querida e simpática que dá dicas de moda, beleza, saúde e sua opinião (as vezes beeeeem polêmica!).

Reunimos aqui nosso TOP 5 dos vídeos da Nay para vocês conhecerem ela e continuarem acompanhando!!!

 

5º- #SemVergonha: Primeira Vez por Nayara Rattacasso

4º-#SemVergonha: COMO FOI NOSSO PRIMEIRO BEIJO? com Natasha Rattacasso

3º- PRIMEIRA IDA AO GINECOLOGISTA COM AMANDA PONTES #SEMVERGONHA

2º- PERDI MINHA VIRGINDADE COM UM DESCONHECIDO

1º- COMO USAR O COLETOR MENSTRUAL (tudo o que você precisa saber)

Artigos Vídeos

#Música #MulherForte #Beyoncé

19 de May de 2016
Olá meninas! Tudo certo?
Hoje vamos falar um pouco sobre música e escolhemos uma musa, nossa querida Beyoncé <3 Ela é linda, ela canta muito, ela dança muito e suas músicas são geniais! Por isso vamos homenagear essa diva falando um pouco sobre sua vida e trajetória artística e, claro, do novo hit Formation do álbum Lemonade <3
Beyoncé nasceu no dia 4 de setembro de 1981 em Huston, no estado do Texas, Estados Unidos. Desde pequeninha estudou dança e canto no colégio onde estudava. Seu talento logo foi percebido por seus professores e então começou a cantar em shows de talentos e ganhar alguns prêmios.  Também participou de corais e foi solista na igreja que frequentava.
Nesse vídeo podemos ver Beyoncé  no grupo Girl’s Tyme aos seus 12 anos de idade (sério, 1993, QUE ÉPOCA GENTE. Olha essas roupas, esse rap, esses passinhos lembrando “Can’t touch this!” do MCHammer) competindo em um show de talentos em um programa de TV (não levaram o prêmio, mas a vida é assim, que bom que ela não desistiu, hehe)

 

 

Ela pode não ter desistido, mas o grupo Girl’s Tyme logo terminou para nascer o Destiny’s Child (esse você conhece né? hehe). Nessa época, o pai de B, Mathew Knowles largou o emprego para gerenciar o grupo! Que paizão, hein? Dando a maior força!
Em 1998 elas lançaram seu primeiro álbum com seu primeiro hit “No, no, no”, que alcançou 3º lugar na Billaboard Hot 100 (uma tabela feita pela revista Billaboard, indicando as músicas mais vendidas e ouvidas na semana). Se quiser conferir esse hit, dá um play no vídeo aqui em baixo!

 

Letra completa e tradução

 

Essa música já apresenta, de leve, uma característica marcante das músicas da Destiny’s Child e, depois, da própria Beyoncé: o empoderamento da mulher, que no caso de “No, no, no”, toma a frente na trova com o boymagia e diz

 

“If you wanna’ be with me

You gotta’ keep it real

Tell me what’s goin’ on

Tell me how you feel”

 

(“Se você quer ficar comigo/Você precisa “mandar a real”/Me dizer o que está acontecendo/Me dizer como você está se sentindo”)
Por que ninguém merece ser enrolada, não é mesmo? E ela ainda manda na lata:

 

“If you keep actin’ this way

You’re gonna’ lose my love”

 

(“Se você continuar agindo dessa forma/Você vai acabar perdendo o meu amor”)
Pois é, né gente? 1996, com apenas 15 anos e a B já mandando a real pra galera 😉
Em 2001 o grupo ganhou dois Grammy’s (prêmio mais prestigiado do mundo da música) para “Say my name”, hit do seu segundo álbum, nas categorias Melhor Música R&B (estilo de música feita comumente por negros norte-americanos, com influências de hip-hop, funk norte-americano e soul) e Melhor Performance R&B por Grupo com Vocal.

 

Letra completa e tradução

Apesar do refrão da música parecer uma súplica “Say my name, say my name” (“Diga meu nome, diga meu nome”), escutando a música inteira podemos notar o crescimento do empoderamento: a letra descreve uma mulher que percebe uma mudança no comportamento do namorado e coloca ele contra a parede, como podemos ver em

 

“Said you just got in the house

It’s hard to believe that you,

Are at home, by yourself

When I just heard the voice

Or the voice of someone else.

Just this question

Why do you feel you gotta lie?

Gettin’ caught up in your’one game

When you can not say my name”

 

(“Você disse que estava chegando em casa/É dificil acreditar que/Você está em casa sozinho/Quando eu acabei de ouvir a voz de outra/Apenas pergunto porque/Você tem que mentir/Você está se encurralando no seu próprio jogo/Porque não diz logo meu nome?/Quando você não pode dizer o meu nome”)
As meninas da Destiny’s Child não estavam para brincadeira, não é mesmo? Essa música foi escrita por LeToya Luckett, uma das integrantes do grupo.
Em 2001 foi lançado o terceiro álbum, “Survivor”, que com uma música de mesmo nome ganhou um Grammy, mas na minha humilde opinião devia ter ganhado todos os prêmios possíveis, porque gente… GENTE, que letra <3 Ela já começa dando na cara da sociedade “Now that you’are out of my life/I’m so much better” (Agora que você saiu da minha vida eu estou muito melhor). Para conferir a música completa, fica o link!

 

Letra completa e tradução

 

Essa música foi escrita pela Beyoncé com ajuda de 2 outros compositores. Curiosidade: ela está retornando para a cena feminista brasileira com a cantora Clarisse Falcão, que fez um cover beeem legal, confiram:

 

Voltando para a diva Beyoncé, foi ela que escreveu junto com outros compositores o hit de maior sucesso não apenas do álbum do Destiny’s Child, mas de toda a história do grupo, “Lose My Breath”, se você não lembrava dos outros, com certeza vai lembrar desse!

 

Letra completa e tradução

 

Com um empoderamento nem tão explicito como em “Survivor”, essa música mostra a mulher questionando o homem por ele “não estar a sua altura”.
Bom…Tudo na vida tem seus altos e baixos. Beyoncé afirmou que sofreu de depressão aos 19 anos, graças a brigas constantes entre o grupo, a pressão da mídia, ataques feitos pela internet e ainda, para piorar a situação da pequena B, seu namoro começado aos 12 aninhos tinha terminado após 7 anos de relacionamento. Ela contou em uma entrevista que tinha medo que ninguém a quisesse como amiga ou a amasse de verdade por causa da sua fama. Porém, após dois anos sofrendo ela conseguiu superar o momento. Em uma entrevista em 2011, ela disse “Cada vez que me sinto mal, uso esse sentimento para me motivar a trabalhar mais. Só me permito um dia para sentir pena de mim mesma. Gente reclamona me deixa irritada. Cada vez que não me sinto bem, me questiono: ‘O que vou fazer a respeito?’. Uso a negatividade para melhorar”.
Logo depois dessa época ela começou seu relacionamento com Jay-Z e junto vieram as musicas mais apaixonadas <3 Como são muitas, escolhemos Halo para exemplificar, que ganhou um Grammy de Melhor Vocal Feminino Pop em 2010, vejam 😀

 

Letra completa e tradução

 

Toda essa declaração fica explicita em “You’re everything I need and more” (“Você é tudo que eu preciso e mais”), que love hein?
Não demorou muito e Beyonce junto de seus hits empoderadores voltaram com tudo! Essa fase, da metade da década passada até hoje é muito boa, Beyoncé vem emplacando hit após hit, cada vez mais poderosos e trazendo letras mais verdadeiras e polêmicas. Como são MUITOS, vamos listar alguns e falar um pouco de cada um, beleza?

 

“Beautiful Liar” feat. Shakira (outra musa <3) – Álbum “Irreemplazable”, 2007

Letra completa e tradução

 

Nesse clipe as meninas cantam como se estivessem conversando sobre o homem que traiu as duas, e decidem que não vale a pena se sofrer pelo mentiroso. Verdade, né? Não adianta perder tempo com gente assim!

 

“Ay! Let’s not kill the Karma

Ay! Let’s not start a fight

Ay! It’s not worth the drama

For a beautiful liar”

 

(Ay! Não vamos matar o karma/Ay! Não vamos começar uma briga/Ay! Não vale apena o drama/Por um lindo mentiroso)

 

“Telephone”, Lady Gaga (DIVA) feat. Beyoncé – 2008

Letra completa e tradução

 

Essa música foi daquelas que eu ouvia umas 10 vezes seguidas, de preferencial vendo o clipe junto de TÃO BOA <3 Nessa música a dupla maravilhosa Gaga & Honey B largam a moral: você não me deu atenção? Sinto muito, não adianta ficar me ligando 😉 Elas mostram que toda a mulher deve se dar o valor e não se deixar levar pela insistência de quem não a merece!  Isso tudo sem contar a narrativa do clipe, as roupas, as dancinhas <3

 

“You shoulda made some plans with me,

you knew that I was free

And now you won’t stop calling me,

I’m kinda busy”

 

(Você devia ter feito planos comigo/ você sabia que eu estava livre/E agora você não para de me ligar/ estou ocupada)

 

 

“Single Ladies (Put a Ring on It)” – Álbum “I am… Sasha Fierce”, 2009

Letra completa e tradução

 

Essa música trouxe à internet muitos covers com a coreografia marcante de “Single Ladies”, alguns profissionais, outros muito engraçados! Mas o ouro dessa música é mesmo a letra/indireta dada:

“If you liked it

Then you should’ve put a ring on it”

 

(“Se você gostava/ Então devia ter me dado uma aliança”)
É, pois é! Na letra ela conta que após o bofe ter terminado o romance ele veio correndo reclamar quando ela achou outro cara… tsc, tsc, tsc! Beyoncé dando aula de como se valorizar gente! Pega a caneta e o papel que ainda vem muita música boa.
Obs: esquece a caneta e o papel e pega um lencinho que a próxima é de agachar no cantinho e chorar um pouco…

“If I Were a Boy” – Álbum “I am… Sasha Fierce”, 2009

É gente, essa música não tem como não se identificar: B abre o coração e faz uma reflexão sobre como a sociedade permite que os homens se sintam superiores as mulheres. Entendemos que nem todos os homens são assim, mas acho que todas nós já conhecemos pelo menos um mané que se encaixa nessa descrição :/

Letra completa e tradução

 

“If I were a boy

Even just for a day

I’d roll outta bed in the morning

And throw on what I wanted then go

Drink beer with the guys

And chase after girls

I’d kick it with who I wanted

And I’d never get confronted for it

‘Cause they’d stick up for me”

 

(Se eu fosse um garoto/Mesmo que só por um dia/Eu levantaria da cama de manhã/E vestiria o que eu quisesse e iria/Beber cerveja com os caras/E paqueraria garotas/Sairia com quem eu quisesse/E eu nunca teria que ser encarada por isso/Porque eles ficariam do meu lado)

“Run The World (Girls)” – Álbum “4”, 2011

[essa poderia ser a trilha sonora da Daenerys Targaryen do Game of Thrones tranquilamente]

Letra completa e tradução

 

“Boy you know you love it

How we’re smart enough to make these millions

Strong enough to bear the children

Then get back to business”

 

(Garoto, você sabe que ama/O quanto somos espertas o suficiente para fazer milhões/Fortes o suficiente para ter filhos/E depois voltar aos negócios)
Podemos dizer que essa música em especial é bem forte, graças à sua letra muito direta, exaltando a mulher forte e poderosa, além de afirmar que quem move o mundo é a mulher (pensando bem podemos concordar com a B, visto que as mulheres que geram os homens, não é? Kkk).

 

“***Flawless”, feat. Cimamanda Ngozi Adichie – Álbum “Beyoncé”, 2013

Letra completa e tradução

O clipe já começa com uma homenagem ao começo da carreira da Beyoncé, cenas da 1ª apresentação do Girl’s Tyme.  Logo depois, a letra se dirige a quem sempre sonhou em ser uma Beyoncé da vida e ela avisa claramente: é melhor me respeitar. PARA TUDO: não é o mesmo discurso de Work Bitch da ~mais uma diva~ Britney? Ah, pois é…
Porém a letra toma um rumo diferente: um discurso falando de como as mulheres são ensinadas a serem menos que os homens…

 

“Feminist, a person who believes in the social

Political and economic equality of the sexes”

 

(“Feminista, a pessoa que acredita na igualdade social/Política e econômica entre os sexos”)
Beyoncé lacrando, apenas… Aceitem essa diva poderosa que fala as coisas na cara da sociedade <3

 

“Formation” – Álbum “Lemonade”, 2016

O que falar desse clipe que vi umas 30 vezes e mal posso esperar pra ver de novo? Pra começar ele derrubou a internet com suas mensagens diretas e subliminares sobre racismo, preconceito e aceitação. Beyoncé vem do Texas, seu pai do Alabama e a mãe da Louisiana (como diz a música), três estados que faziam parte dos Confederados do Sul (uma tentativa de separar os EUA que não deu certo), estados que tinham com característica a prática da escravidão. Nesses lugares o preconceito continua forte e é comum encontrar grupos, famílias, bairros apenas de brancos ou apenas de negros. Tendo essa bagagem nas costas a linda B fez esse protesto em formato de música:

Letra completa e tradução

 

“My daddy Alabama, Momma Louisiana

You mix that negro with that Creole make a Texas bamma

I like my baby heir, with baby hair and afros

I like my negro nose with Jackson Five nostrils”

 

(Meu pai é do Alabama, minha mãe da Louisiana/Você mistura esse negro com aquela crioula e faz uma garota rebelde do Texas/Eu gosto do cabelo da minha filha, com o cabelo de bebê e afro/Eu gosto do meu nariz de negro como o do Jackson Five)
No clipe podemos ver muitas mensagens visuais ligadas ao escravismo e ao preconceito, como Beyoncé e seus dançarinos vestidos com roupas antigas do tempo da escravidão, ou dançando e formando uma cruz como a da bandeira dos confederados… Beyoncé sabe do que está falando galera 😉
Bem, hoje ouvimos muitas músicas da Beyoncé e nos permitimos ficar um pouquinho mais empoderadas com toda essa moral recebida pelas letras inspiradoras <3
Quem curtiu comenta <3
Um beijão meninas :*

Fontes

Conteúdo:https://pt.wikipedia.org/wiki/Beyonc%C3%A9
https://pt.wikipedia.org/wiki/Destiny%27s_Child
http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2011/07/divirta_se/noticias/famosos/911285-beyonce-mostra-corpao-em-revista.html
http://www.midiorama.com/beyonce-e-lemonade-polemicas-bafos-brigas-saiba-tudo-que-esta-rolando

Videos: https://www.youtube.com/user/beyonceVEVO

Imagem de capa: https://www.facebook.com/beyonce

Vídeos

Ação – Dia Mundial da Saúde

20 de April de 2016
https://www.youtube.com/watch?v=M_lPbmfumuo

Olá meninas, tudo bem?
Dia 7 de abril foi o Dia Mundial da Saúde e a Fleurity resolveu fazer uma ação muito especial em parceria com a ONG Viva Mulher.
Para quem não conhece, o Centro de Referência e Atendimento Viva Mulher presta serviços sociais, jurídicos e psicológicos para mulheres que sofrem de violência domestica.
Vou contar para vocês então um pouquinho desse evento.
Na quinta-feira pela manhã fomos até o Viva Mulher e organizamos a garagem que eles tem disponível, levamos alguns balões cor de rosa, ajeitamos as cadeiras, posicionamos o retro projetor e colocamos em potinhos de vidro marshmallows deliciosos a disposição das mulheres que estávamos por receber. A ideia era dar uma repaginada naquele ambiente, trazer mais vida, carinho e alegria!
Além do ambiente, é claro, já havíamos preparado uma apresentação bem legal para explicar a estas mulheres o que é o coletor menstrual, como funciona, as suas vantagens e a diferença entre o coletor e os absorventes comuns.
Folder, laptop, coletores, é…Tudo checado! Então o evento já poderia abrir suas portas, estávamos prontas!
Tanto eu quanto minha colega Martina nunca havíamos apresentado uma palestra como esta, era uma experiência diferente! Quando retornamos lá um pouco antes das 14h (horário que iria começar o evento) já nos aguardava a Tv Câmara, emissora de nossa cidade para uma entrevista.
Mulherada chegou cheia de curiosidade, esperamos todas se acomodar para então dar inicio a nossa apresentação. Separamos alguns coletores que temos de amostra para ir passando de mão em mão para que elas tivessem um contato maior com o produto e entendessem ainda melhor como ele funciona durante nossa apresentação.
Foi sensacional responder a todas as dúvidas, ver a empolgação de cada uma diante a um produto totalmente novo (ainda que nós já saibamos, o coletor existe desde 1930, sim!). Após a apresentação fizemos uma dinâmica de grupo com elas, separamos frases de virtudes e valores para motivá-las em uma caixinha, até que uma pegasse o papelzinho destinado a vencedora, que recebeu alguns mimos já separados pela Fleurity.
Ao final de tudo, doamos os nossos coletores Fleurity uma a uma!
Elas foram embora com o sorriso não só nos lábios, mas nos olhos, contando que iriam passar a novidade para filha, prima, cunhada, vizinha…
Para a Fleurity ficou a reflexão, espalhar um pouquinho de amor por aí.
Ficamos honradas de trabalhar com um produto tão simples, mas que é tão intimo para nós mulheres e que nos ajuda de maneira tão prazerosa e eficiente, deixando o dia-a-dia mais leve e libertador!

Vídeos

Web Série Dia da Mulher – Episódio 4

8 de April de 2016

Hoje tem o 4º episódio da Web Série Dia da Mulher. Esse capítulo traz assuntos sobre alteração do PH vaginal, se o coletor pode alargar o canal da vagina, alergias, lubrificação entre outros… A Dra. Gui comenta também sobre as pílulas e injeções que fazem parar de menstruar.

Veja o que a doutora Guisella tem a falar sobre isso!

 

Um beijo grande e até a próxima!!

Equipe Fleurity.