Coletor menstrual: guia completo

Our Score

Olá, meninas! Neste texto tiraremos todas as dúvidas possíveis e imagináveis sobre o nosso queridinho >>coletor menstrual<<. Embora possa causar estranheza no início, a maioria das mulheres que experimenta o coletor pela primeira vez, diz que não vive mais sem ele!

Fleurity foi criada com o intuito de sanar todas as “dores”, angústias e problemas causados pela menstruação.

coletor menstrual Fleurity:

CTA1 - Coletor menstrual: guia completo

O que é o coletor menstrual?

Olhando o coletor, ele até parece uma tacinha e não era para menos, né? Já que a existência dessa maravilha é um verdadeiro brinde à nossa liberdade e segurança durante a menstruação!

Ele é todinho feito de silicone hipoalergênico, por isso não causa nenhum tipo de alergia ou infecção, bem diferente dos absorventes comuns que, geralmente, causam irritação e coceira. 

UgwE3Fqep0GwwsQNLIaK1R90Kaqr9rU5T8LJLZrYKgo2R 4MbyrykcMrwGem vWmaCcUicEIa5JgUbFjqFl7hzlzZTVSPJoe6KjsVV9h7 D9KJ 2o O 0Et00DvSGs BiTJ653Ig - Coletor menstrual: guia completo

Para que serve o coletor menstrual?

O coletor menstrual, também chamado de “copinho”, é um dispositivo que se insere no canal vaginal para coletar o sangue menstrual, simples assim!

OaG8zTLcgrCdpPYtqLA9X0yKF0n5hNImhQxsucQ0l2 DSAbT3NpzC8TLdMiPyVyBHqrp1D21pPzp9RkKUJ4UPzx9seBmpqP1d13rNmyXDe1 PjYY4KbzepeFf4X J4Ckur1JkSA - Coletor menstrual: guia completo

Quem inventou o coletor menstrual?

Desde que o mundo é mundo as mulheres menstruam, certo? E, antigamente as mulheres do mundo inteiro sofriam bastante em função do seu período menstrual por dificuldades que poderiam ser resolvidas facilmente.

A questão é que não sabemos ao certo quando os coletores menstruais foram inventados, pois há relatos de coletores ainda em 1867 em versões rudimentares. O que se sabe, com certeza, é que em 1930 foi iniciada a produção industrial dos coletores menstruais “modernos” de látex, servindo de base para os que são usados hoje, apesar de ainda bem diferentes. E, adivinhem quem foi a responsável pela primeira patente de coletores menstruais? Isso mesmo! >>UMA MULHER<< A americana Leona Chalmers, que o chamou de Tass-ette. No entanto, não demorou muito para o coletor entrar em desuso. Depois, em 1970, os coletores voltaram em uma versão descartável. E, por fim, em 1987, os coletores menstruais voltaram a ser produzidos a todo vapor e numa versão bem próxima da atual, com a diferença de que hoje há mais opções de materiais para prevenir alergias, além de cores, tamanhos e modelos.

qkUpGGxZbvPaniXje XJSXGlKZXFsu7ukf8Rd5UPk1KRaQDkqU7ks42tfBqrvX91socY9 O2TpmzXhJw47W07nLLP6FzYvRBjJdxV4FcRTLXMRzzJpx7MUn7xnrl1dQOBsAfHF7E - Coletor menstrual: guia completo

Vantagens do coletor menstrual

Parece inacreditável, mas são infinitas as vantagens que esse copinho é capaz de proporcionar à nossa saúde, além de melhorar a nossa relação com a nossa menstruação. Algumas das vantagens são:

  • Não costuma provocar nenhum tipo de alergia;
  • Um único coletor pode durar, até, 10 anos;
  • É ecologicamente correto, pois reduz, drasticamente, os resíduos que produzimos por conta da menstruação;
  • É financeiramente mais vantajoso, pois você pode ficar anos e anos sem ter que comprar nenhum absorvente;
  • Não apresenta nenhum tipo de odor, pois o sangue não entra em contato com o oxigênio;
  • Só precisa ser trocado, em média, a cada 8 ou 12 horas (menos trocas diárias que os absorventes comuns);
  • O volume de sangue que ele é capaz de armazenar é muito maior que o dos absorventes comuns;
  • Tem menos risco de infecção que os absorventes internos;
  • Não interfere no pH vaginal;
  • Não provoca ressecamento vaginal;
  • Auxilia no autoconhecimento;
  • Menor risco de vazamento.

São muitos os benefícios, minha gente!

L8wZ1n vmxTfRV7QsgbIQNhr0LK0PrURqpkYwxQtwpfnZVPTJKBgiJmQR 3RD2ERAVvw9ECacr92VJX67SHV8TEPDb2gMGbIOfMhx3CwlxJMFZN3 1bGVo8KeztQ6s6RDZ9wijbT - Coletor menstrual: guia completo

Desvantagens do coletor menstrual

  • Pode provocar irritação se for inserido incorretamente;
  • Algumas mulheres podem demorar um pouquinho até se adaptarem;
  • A remoção pode causar pequenos acidentes se não for retirado com cuidado, principalmente nos primeiros meses de uso;
  • Alguns ginecologistas não indicam o seu uso em mulheres que utilizam o DIU por risco de deslocamento deste (leia: DIU de Cobre e DIU Mirena – Anticoncepcional Intrauterino). Não é contraindicado, mas é importante uma conversa com o ginecologista antes de iniciar o uso;
  • Não permite ter relações sexuais com penetração vaginal (exceto os modelos descartáveis);
  • A remoção e inserção em banheiros públicos pode ser difícil, principalmente em locais com má higiene;
  • O coletor não pode ser utilizado no período pós-parto, pois aumenta o risco de infecção e lesão do canal vaginal.

De um modo geral, não há, propriamente, uma contra indicação com relação ao uso do coletor. O que é mais recorrente é que algumas mulheres podem não adaptar-se logo de cara, mas isso tudo é uma questão de prática e tempo, ainda mais quando percebemos todas as vantagens que nos esperam, não é mesmo? Além do mais, caso surja alguma dúvida sobre como usar o copinho, você pode enviar uma mensagem para nosso direct do Instagram ou inbox do Facebook que estaremos prontas para auxiliá-la com todo o amor e carinho desse mundo! <3

5JExZAJVXl3i2tThHYBo5lThERemsNT0n2X3P8k7qmPbSlrCwPP8p86WYlB086oV2lYBuOS37 mAc7n958A42rkgD4hKL178k2 Osur8 7absdIExfv7EomGWUA5prZ44nsfRb 9 - Coletor menstrual: guia completo

Coletor menstrual: tipos e tamanhos

A Fleurity tem 3 modelinhos lindos de coletores que foram pensados, especialmente, para vocês, mulheres, nossas musas inspiradoras.

Tipo 1

É recomendado para mulheres com mais de 30 anos ou que já passaram por uma gestação.

Tipo 2

Recomendado para mulheres com menos de trinta anos e que não passaram por nenhuma gestação.

Mini

É indicado para mulheres com histórico de ressecamento vaginal; período pós-parto (após quarentena); após cirurgia de reconstrução vaginal ou estética; durante a amamentação; período pré-menopausa; virgens e adolescentes.

m1d2rdCvI6q6gqU33ckDVr JdZ eEjWDOeYhR5yKFRIU6Jzl7L5rNrZsqPs i5pzMY JxiFkOBBmjkwSPIQsnrXUfNDDFsafeBj51t8LeDPMLXJnJbwPNQCPnxl7aCG8GHoKO Qo - Coletor menstrual: guia completo

Virgem pode usar coletor menstrual?

SIM! As meninas virgens podem usar o coletor, sem nenhum problema. No entanto, recomendamos que elas consultem com seu/sua ginecologista antes de iniciar o uso do copinho.

DIU e coletor menstrual

O uso do DIU e o coletor menstrual são totalmente compatíveis, então se você usa DIU não tem nenhum problema em usar o coletor menstrual, porque os dois ficam inseridos em locais distintos. O coletor menstrual fica na vagina, bem no início do canal vaginal, na parte mais baixa e o DIU é inserido no interior do útero e suas cordinhas atravessam o colo do útero e alcançam somente o topo do canal vaginal.

Se você usa DIU e deseja iniciar o coletor menstrual, nós super te apoiamos, mulher! Só indicamos que você fale antes com o seu/sua ginecologista para verificar o tamanho das cordinhas do seu DIU, certo?

xVArcbNkZKIUpkepxRM0 1xPohBVgIFjjrpHR61xqlv73XApLP6QjauI7QH2eRsOaVj1AppPQwlG9O7W56rz3W9i7PVdl1JLsgZJobBrUCo1k16Wc06FkLwjoCLZcFIuwOc DBpq - Coletor menstrual: guia completo

Coletor menstrual provoca infecção?

O uso do coletor maravilindo da Fleurity é muito menos propício à proliferação de bactérias e fungos do que os absorventes femininos comuns. Sabe por quê? Porque o coletor é composto por material inerte, ou seja, não libera nem absorve nenhuma substância. Por isso, se você tiver o cuidado adequado, lavando o coletor corretamente e secando ele muito bem antes de guardar no saquinho, não há com o que se preocupar!

Cólica com coletor menstrual?

Se você é daquelas que sofrem com as cólicas menstruais e está na dúvida sobre se o uso do coletor pode provocar ou intensificar essas temidas dores que nos atacam todos os meses, pode ficar relax, porque o coletor menstrual NÃO causa nenhum tipo de cólica! Glória a Deuxxx! O coletor fica na vagina, e as cólicas ocorrem no útero, por isso uma coisa não tem nada a ver com a outra.

O que pode acontecer é você sentir alguma dorzinha, ainda mais se for iniciante no mundo dos coletores, mas há uma resposta e uma solução para isso: o coletor pode estar mal posicionado; o vácuo pode estar muito forte ou o coletor pode estar grande demais para a sua anatomia.

Coletor menstrual: opinião médica

O copinho é super amado e indicado pelas ginecologistas. A ginecologista parceira da Fleurity, Dr. Guisella de Latorre, comenta que o coletor é o aliado perfeito para as mulheres no cuidado da região íntima, pois ele evita várias doenças como a candidíase, por exemplo. Além disso, o coletor é extremamente prático e não altera o pH vaginal nem causa alterações no canal vaginal. Caso você queira conhecer outros assuntos envolvendo o coletor menstrual, comentados pela Dr. Gui, acesse o nosso canal do Youtube: https://bit.ly/2PR3Vyz

 Conclusão

Esclareça TODAS as suas dúvidas sobre o coletor menstrual nesse guia completíssimo feito, especialmente, para você que ainda tinha alguma dúvida sobre essa maravilha! Aqui te explicaremos o que é o coletor, para que ele serve, quem o inventou, vantagens e desvantagens, tipo e tamanhos, e muitoooo mais! Agora que você está manjando tudo sobre os coletores, bora se jogar nessa viagem de ida e chamar as amigas para te acompanharem?!

Gostou das informações? Que tal acompanhar mais dicas como essa curtindo nossa página no Facebook  e ficar por dentro de tudo sobre menstruação e o que acontece com o nosso corpo.

E caso você ainda não tenha os produtos da Fleurity, veja o porquê você deve comprar agora:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *