Saúde

Pílula do dia seguinte, você já precisou usar?

28 de maio de 2018

Com certeza você já ouviu falar da pílula do dia seguinte, tem alguma amiga que já tomou ou, quem sabe, já precisou usá-la. É um contraceptivo de emergência, que pode evitar uma gravidez indesejada. Porém, seu uso pode causar alguns efeitos colaterais, pois a quantidade de hormônios presentes nesse método contraceptivo é alta, então o uso desse medicamento pode gerar alguns riscos à saúde. Sendo assim, o melhor é proteger-se para não precisar usá-la, não é mesmo?
Alguns dos sintomas da pílula do dia seguinte são:
• Náuseas;
• Vômitos;
• Cansaço e dores de cabeça;
• Dores abdominais;
• Diarreias;
• Aumento da sensibilidade dos seios;
• Alterações na pele e cabelos;
• Variações de humor;
• Pequeno sangramento;
• Ganho de peso;
• Alteração do ciclo menstrual.
Esses sintomas não costumam durar muitos dias. Caso eles se mostrem persistentes, um médico deve ser consultado. O período menstrual pode permanecer alterado por, até, três meses e vale ressaltar que os sintomas da pílula do dia seguinte diferem de uma mulher para outra.

Amiga, se você realizou uma relação sexual sem as devidas precauções e tem medo de engravidar, você pode tomá-la. A pílula reduz drasticamente as possibilidades de ocorrer a fecundação e, consequentemente, uma provável gravidez. Para que funcione, a pílula do dia seguinte deve ser tomada o quanto antes, viu?! Inclusive ela deve ser ingerida em, no máximo, 72 horas após a relação sexual, arriscando não funcionar corretamente após esse período.

É importante frisar que a eficácia deste medicamento vai diminuindo com o passar das horas. Caso faça o uso, tente realizá-lo nas primeiras 24 horas, pois caso contrário, você pode acabar engravidando e ficando ainda com os indesejáveis sintomas da pílula do dia seguinte, que são vários.

Você sabia que, desde 2012, é possível conseguir o contraceptivo de emergência em qualquer unidade básica de saúde, sem que seja necessário passar por uma consulta ou ter receita médica? Pouca gente sabe disso.

Além disso, a pílula do dia seguinte pode ser comprada sem prescrição médica nas farmácias. O preço médio é de R$ 10,00 a R$ 25,00. Você pode optar pelos genéricos, pois todas as pílulas têm a mesma ação e, portanto, a escolha pode ser feita com base no seu orçamento ou em alguma sensibilidade que você tenha a um ingrediente ativo. Existem as pílulas de dose única e a de dose dupla, que são tomadas em um intervalo de 12 horas entre elas.

É importante alertar mulheres e adolescentes sobre a importância de usar essa pílula como último recurso e nunca deve substituir métodos contraceptivos tradicionais, como a camisinha, pois além de evitar a gravidez, protege contra doenças sexualmente transmissíveis (DST’s).

Previna-se, proteja-se sempre! Existem muitos métodos contraceptivos disponíveis no mercado. =)

Carol2

Você pode gostar

Nenhum comentário

Leave a Reply

O carrinho de compras está aberto! | Conheça nossa loja

x